Notícias

Foto de: Como congelar alimentos para evitar o desperdício e comer de forma saudável
Economia

Como congelar alimentos para evitar o desperdício e comer de forma saudável

Com o trabalho remoto e a correria do cotidiano, as pessoas não têm muito tempo para preparar todas as refeições do dia e buscam como alternativas compras em aplicativos de delivery e consumo de alimentos processados.

Uma solução mais saudável, econômica e que otimiza tempo, é conservar os alimentos em temperaturas baixas. Para te ajudar neste processo, vamos abordar o passo a passo de técnicas de congelamento seguro, como o branqueamento, e dicas de quais alimentos que não podem ser congelados.

Benefícios de congelamento de alimentos 

  • Retarda o processo químico e microbiológico que deterioram os alimentos;
  • Auxilia no planejamento e organização semanal das refeições;
  • Facilita a variedade no cardápio;
  • Aumenta a frequência de consumo de hortaliças e frutas; 
  • Economiza gás e energia;
  • Diminui o desperdício e gastos quando congela alimentos adquiridos nas safras, atacados ou em promoções. Confira a tabela de safras dos produtos da Ceagesp

Processo seguro de congelamento de alimentos 

Congelamento:

  • A temperatura ideal do freezer é de -18ºC ou inferior;
  • Sempre que possível, descongele e limpe o freezer, pois mantém a higiene ao remover as camadas de gelo, bem como diminui o consumo de energia;
  • O congelamento é um meio de conservação dos alimentos, pois a temperatura baixa retarda o processo de deterioramento, evita a formação de água líquida e dificulta a multiplicação dos microorganismos.

Resfriamento:

  • Após o preparo, separe os alimentos em recipientes, deixe um espaço antes de tampar e aguarde até 30 minutos em temperatura ambiente para resfriar antes de congelar;
  • Nunca coloque alimentos quentes no freezer, pois pode comprometer a qualidade dos que já estão congelados e o funcionamento do equipamento.

Proteção e embalagem:

  • Os alimentos devem estar tampados em recipientes de plástico resistente, vidro temperado ou embalados em sacos próprios para congelamento simples ou fecho hermético.  

Identificação:

  • Para melhor controle, insira etiquetas nos produtos congelados com nome, data de produção e validade.

Validade: 

  • A validade dependerá do funcionamento do freezer.
Temperatura Validade 
Entre 0 e -5°C10 dias 
Entre - 6 e -10°C20 dias 
Entre - 11 e -18°C30 dias 
Entre - 18°C e inferior90 dias 

Descongelamento: 

  • Evite descongelar os alimentos em temperatura ambiente, como na pia ou ao sol, por exemplo. O ideal é colocar na geladeira para fazer em temperatura refrigerada ou aquecer diretamente; 
  • No descongelamento, há riscos de contaminação, pois a parte superior do alimento estará em uma temperatura maior do que a recomendada e isso facilita a multiplicação de microorganismos. Para elevar a temperatura de maneira segura, leve o alimento ao fogão; 
  • Uma vez descongelado, o produto não pode voltar ao freezer, exceto se for transformado em prato pronto, pois a quantidade de contaminação por microorganismo será maior do que ao descongelar em temperatura ambiente.

Técnica de branqueamento

O procedimento conserva os alimentos que serão congelados, pois inativa as enzimas que deterioram os produtos, durante e depois do preparo, e mantém a cor, textura, aroma, sabor e valores nutricionais.

Veja como fazer:

  • Lave, higienize, corte (se necessário) e escorra os legumes;
  • Aqueça uma panela de água em fogo alto;
  • Coloque os legumes no escorredor;
  • Assim que a água ferver, coloque o escorredor dentro da panela e deixe os legumes submersos;
  • Deixe o tempo necessário (pode variar de 2 a 10 minutos, conforme a quantidade e o tipo do alimento); 
  • Em seguida, o alimento deve ser resfriado em água com gelo, para que ocorra o choque térmico;
  • Escorra os legumes para retirar o excesso de água;
  • Após branquear e esfriar, coloque os legumes em recipientes e leve-os ao freezer. 

Alimentos que não podem ser congelados

Durante o congelamento, alguns alimentos perdem características de sabor, textura e valor nutritivo. São eles:

  • Os ingredientes que compõem o iogurte e a maionese que se separam e ficam com a aparência talhada;
  • O ovo que pode estourar a casa;
  • A gelatina, pois cristaliza;
  • O fermento fresco que perde parcialmente a capacidade de fermentação;
  • O chantilly, pois durante o descongelamento, a parte gordurosa se separa da líquida;
  • Os vegetais folhosos in natura, tomate cru, pepino e rabanete, que, após descongelados, têm sua coloração e sabor alterados, bem como murcham e amolecem.
15/03/2022 09:23

Ver todas